Homem espanca ex com marteladas no crânio e foge pela janela em Camaçari - Jornal Camaçari - Pra quem quer mais!

terça-feira, 30 de junho de 2020

Homem espanca ex com marteladas no crânio e foge pela janela em Camaçari


Uma mulher de 41 anos foi agredida por seu ex-companheiro em Camaçari, no último sábado (27). Segundo familiares, a vítima recebeu marteladas na cabeça e foi encontrada desacordada na cama. O agressor fugiu pela janela.

No momento da tentativa de feminicídio, a filha, irmão e cunhada da vítima estavam na casa. O agressor chegou ao local alterado, querendo discutir com sua ex-companheira. Os dois foram até o quarto e, após alguns instantes, o barulho da discussão deu lugar ao silêncio, causando estranhamento nos familiares.

De acordo com a Polícia Militar, os parentes entraram no cômodo e encontraram a mulher desacordada em cima da cama, com a cabeça ensanguentada. O suspeito não estava mais lá.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer a vítima, que foi encaminhada para um hospital de Camaçari. Ela teve traumatismo craniano e afundamento cerebral. Diante da gravidade do quadro, ela foi transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, onde permanece internada e sem previsão de alta.

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Camaçari investiga o caso.  

Histórico
Segundo a sobrinha da vítima, o agressor tinha o hábito de espancar sua tia quando eles ainda estavam juntos. A mulher já havia conseguido uma medida protetiva contra o agressor, obrigando-o a permanecer distante dela, mas o acusado não obedecia.

Os dois permaneceram juntos por ao menos quatro anos. "Ela terminou com ele por causa da violência e ele ficava ameaçando ela e a filha de morte caso o namoro não voltasse. Tanto que agora foi uma verdadeira tentativa de feminicídio", disse.

Com informações do Correio