Rui Costa suspende aulas por mais 15 dias na Bahia - Jornal Camaçari - Pra quem quer mais!

segunda-feira, 18 de maio de 2020

Rui Costa suspende aulas por mais 15 dias na Bahia


As aulas da rede estadual de ensino serão prorrogadas por mais 15 dias, a partir do dia 3 de maio, conforme anunciou o governador Rui Costa, na noite desta terça-feira (28).

No Dia Internacional da Educação, Rui pediu tranquilidade por parte da comunidade escolar e enfatizou que o mais importante, na atual conjuntura de pandemia do novo Coronavírus, é preservar vidas.

O governador falou em reposição presencial das aulas, com a elaboração de um novo calendário escolar, mesmo que sejam usados dias do recesso junino e que as aulas entrem no ano de 2021. 

O governador destacou, também, que os estudantes não podem ser prejudicados no processo de aprendizagem, ao ressaltar que as aulas on-line, adotas em algumas redes de ensino, não se aplicam à realidade da maioria dos estudantes da rede estadual de ensino, que não tem acesso à internet ou moram em áreas remotas da Bahia.

“O Estado não tem condições de padronizar aulas pela internet na rede estadual, a maioria dos alunos é de baixa renda e de menor poder aquisitivo. Não dá para substituir aula presencial por aula pela internet", argumentou Rui Costa, acrescentando que  "não deixaremos nenhum jovem para trás".

Cartão alimentação - Rui anunciou, ainda, que o cartão-alimentação já está sendo entregue para os estudantes residentes em cidades que não têm as redes Assaí e Cesta do Povo com suas lojas credenciadas. Ele orientou os estudantes a esperarem a comunicação oficial sobre o recebimento. 

Ao todo, 800 mil estudantes da rede estadual estão sendo beneficiados com R$ 55, destinados para a compra de gêneros alimentícios, totalizando R$ 44 milhões de recursos do Governo do Estado. Na primeira etapa, o vale-alimentação foi destinado para 284 mil estudantes de Salvador e mais 21 cidades.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, disse que a Secretaria da Educação do Estado e as escolas desenvolvem uma série de atividades para contribuir com a aprendizagem dos estudantes. "Ampliamos os conteúdos digitais educacionais no Portal da Educação, em parceria com universidades; disponibilizamos roteiros de estudo; e os estudantes podem assistir as aulas na TVE, em parceria com o Canal Futura. Temos, ainda, iniciativas que envolvem os programas Mais Estudo e Universidade para todos, bem como a formação de gestores e educadores das redes estadual e municipais. As escolas também desenvolvem ações solidárias envolvendo estudantes e as famílias,  entendendo que é preciso o isolamento social para vencer a COVID-19", destacou o secretário, ao ressaltar que a reposição das aulas será dialogada com os diferentes sujeitos da Educação.