Camaçari descarta todos os casos da lista de suspeitos de coronavírus - Jornal Camaçari - Pra quem quer mais!

sexta-feira, 6 de março de 2020

Camaçari descarta todos os casos da lista de suspeitos de coronavírus


A Secretaria da Saúde (Sesau) de Camaçari vem a público, nesta quinta-feira (5/3), informar que o caso, divulgado na última terça-feira (3/3), em investigação por suspeita de Coronavírus foi descartado após análise laboratorial. A pessoa na verdade está com o vírus da Influenza A.

Até o presente momento, quatro casos foram comunicados pela Vigilância Epidemiológica como suspeitos do COVID-19, sendo todos descartados, um por critérios clínicos e os outros após exame laboratorial. Atualmente, não há nenhum caso suspeito ou sob investigação para Coronavirus em Camaçari.

A Sesau reitera que todas as equipes estão a postos para iniciar a investigação de todo e qualquer caso suspeito que venha a surgir no município. Em tempo, informa ainda que as unidades de saúde do município estão vigilantes para a notificação não apenas de casos suspeitos do novo Coronavírus, como também de doenças como dengue, chikungunya e zika vírus, dentre outras.


A pasta ressalta também que é importante todos adotarem hábitos que evitem a transmissão de doenças gripais, como a causada pelo novo coronavírus (COVID-19) e outras doenças respiratórias como a pneumonia, para isso é necessário:

- evitar, sempre que possível, contato próximo (a menos de 2 metros) com pessoas que apresentem sintomas de gripes e resfriados;

- lavar as mãos frequente, especialmente depois do contato com pessoas doentes e antes de se alimentar;

- cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

- evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca se não estiver de mãos lavadas;

- não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

- manter os ambientes bem ventilados;

- evitar aglomerações quando estiver doente.

É essencial que as pessoas que apresentem sintomas gripais, como febre, dor de garganta, tosse e espirros, e tenham viajado nos últimos 14 dias para países de monitoramento de casos suspeitos (Alemanha, Austrália, Emirados Árabes Unidos, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Camboja, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Japão, Singapura, Tailândia e Vietnã), procurem a unidade de saúde mais próxima e informem sobre o seu deslocamento.