quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Bolsonaro demite novamente assessor que usou avião da FAB


O presidente Jair Bolsonaro informou pelo Twitter, na manhã desta quinta-feira (30), que Vicente Santini será demitido novamente da Casa Civil.

Ex-secretário-adjunto da Casa Civil da Presidência da República, Santini foi exonerado na manhã de quarta-feira (29) pelo presidente, por ter usado um voo da Força Aérea Brasileira (FAB) para viajar à Índia. De noite ele foi nomeado novamente para outro cargo na Casa Civil.

A nomeação para o novo cargo foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União” no início da noite, horas depois da exoneração. O novo cargo de Santini seria o de assessor especial da Secretaria Especial de Relacionamento Externo da Casa Civil.

A Casa Civil tinha afirmado que “o presidente [Bolsonaro] e Vicente Santini conversaram, e o presidente entendeu que o Santini deve seguir colaborando com o governo”.

Bolsonaro, no entanto, mudou de ideia. “Informo que em Diário Oficial será publicado: – Tornar sem efeito a admissão do servidor Santini; – Exonerar o interino da Casa Civil; e – Passar a PPI da Casa Civil para o Ministério da Economia”, publicou o presidente no Twitter.